JORNALISMO NEWS  Publicidade 1200x90
25/12/2022 às 14h43min - Atualizada em 25/12/2022 às 14h43min

Terrorista diz que planejou com acampados bolsonaristas 'dar início ao caos'

George Sousa disse em depoimento à Polícia Civil que seu objetivo era levar à "decretação do estado de sítio no país"

247

 O terrorista bolsonarista George Washington de Oliveira Sousa, preso por tentar explodir uma bomba em Brasília, afirmou em depoimento à Polícia Civil que planejou com os acampados no QG do Exército instalar explosivos em pelo menos dois locais da capital federal para "dar início ao caos". Seu objetivo, revelou, era levar à "decretação do estado de sítio no país", o que poderia "provocar a intervenção das Forças Armadas". 

Folha de S. Paulo teve acesso ao depoimento de George. O terrorista mencionou a bomba neutralizada pelas forças de segurança pública no sábado (24) e também planos de instalar explosivos em postes de energia próximos a uma subestação de distribuição em Taguatinga.

"Uma mulher desconhecida sugeriu aos manifestantes do QG que fosse instalada uma bomba na subestação de energia em Taguatinga para provocar a falta de eletricidade e dar início ao caos que levaria à decretação do estado de sítio", disse Sousa. 



Link
Tags »
Notícias Relacionadas »