JORNALISMO NEWS  Publicidade 1200x90
03/05/2023 às 15h27min - Atualizada em 03/05/2023 às 15h27min

Alagoas registra redução de 17% nos casos de mortes violentas em abril de 2023

Investimentos realizados pelo Governo de Alagoas contribuíram para que o Estado chegasse à redução dos índices de mortes violentas

Agência Alagoas
Ao lado do vice-governador Ronaldo Lessa, Paulo Dantas reforçou o empenho da Secretaria de Segurança Pública para reduzir os índices de violência no Estado
Dentro das ações de combate à criminalidade que geram redução nos números da criminalidade em Alagoas, o governador Paulo Dantas apresentou, na manhã desta quarta-feira (3), os dados referentes ao mês de abril deste ano, considerado o segundo melhor mês da série histórica, registrando uma queda de 17,24% nas Mortes Violentas Letais Intencionais (MVLIs) em comparação com o mesmo mês de 2022.

 
De acordo com o Núcleo de Estatística e Análise Criminal (Neac), em abril deste ano foram registrados 95 MVLIs, enquanto em 2022 foram 111 casos no mesmo mês. Quando ampliada a comparação com a série histórica, a redução é ainda maior se comparada com o ano de 2014, onde foram registrados 221 casos, representando uma queda de 88,6%.

 
Ao lado do vice-governador Ronaldo Lessa e do secretário Flávio Saraiva, Paulo Dantas reforçou o empenho da Secretaria de Segurança Pública (SSP) para reduzir cada vez mais os índices de violência no estado, destacando a atuação das polícias e do Corpo de Bombeiros.

 
“Tivemos redução nos números de homicídios e nos feminicídios. Na verdade, registramos apenas um feminicídio em abril, e vamos seguir trabalhando duro para zerar esse número mês a mês. Proteger os alagoanos é prioridade em nosso governo. Essa queda nos números da violência representa um trabalho focado da nossa segurança pública, com integração das forças de segurança, mais viaturas nas ruas, mais policiais e bombeiros nas ruas, trabalho da inteligência e de policiamento ostensivo. Juntos, vamos conseguir reduzir cada vez mais os índices e manter a paz e a tranquilidade em nosso estado”, destacou o governador.


O secretário Flávio Saraiva salientou que os investimentos realizados pelo Governo de Alagoas contribuíram para que o Estado chegasse a esse patamar, onde mês a mês o governo apresenta reduções constantes nos índices de violência.


“Estamos numa constante queda e entrando num equilíbrio nos números. Como o governador [Paulo Dantas] já havia externado em diversas oportunidades, o nosso sonho é um dia anunciar índice zero para as mortes violentas, mas, enquanto não chegamos a esse patamar, vamos trabalhando arduamente para reduzir cada vez mais. Os esforços de todos os agentes de segurança para que isso aconteça é engrandecedor”, afirmou Saraiva.

 
Cumprimento de mandados

 

Outro dado apontado no pronunciamento do governador foi o de cumprimento de mandados judiciais. No período foram cumpridos, pela Polícia Civil, 75 mandados de prisão, sendo 45 de homicidas. Dentre eles o de um dos suspeitos de latrocínio contra um motociclista no bairro da Jatiúca este mês.

“Nosso objetivo é elucidar crimes, o mais rápido possível, para que homicidas, criminosos saiam de circulação da nossa sociedade. Este caso mais recente mostra o quanto as polícias estão empenhadas em elucidar casos”, afirmou o governador Paulo Dantas.

 
Demais dados

 

Em Alagoas foram 108 armas apreendidas, no mesmo período ,em 2022, foram 138. No caso da apreensão de drogas registramos com um aumento de 40%, saltando de 63 para 88 registros de entorpecentes recolhidos. O mês de abril teve um feminicídio registrado.


Participaram do pronunciamento a secretária Roseane Vasconcelos (Gabinete Civil), Diogo Teixeira (Inclusão Social), Joaldo Cavalcante (Comunicação), Vitor Pereira (Governo), o comandante do Corpo de Bombeiros, coronel Jacques Wolbeck; o comandante da Polícia Militar, coronel Paulo Amorim; o diretor da Polícia Científica de Alagoas, Manoel Messias; e o delegado-Ggeral da Polícia Civil, Gustavo Xavier.
Link
Tags »
Notícias Relacionadas »