JORNALISMO NEWS  Publicidade 1200x90
12/12/2022 às 15h12min - Atualizada em 12/12/2022 às 15h12min

"O diploma não é do Lula. É do povo que reconquistou o direito de viver numa democracia", diz o presidente diplomado

Emocionado, o presidente eleito disse ter a certeza de que Deus existe

247

O presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou nesta segunda-feira (12), em Brasília (DF), que o seu diploma é "de uma parcela" da população brasileira. O petista reforçou também que é necessário retomar o desenvolvimento e os direitos principalmente das pessoas mais pobres. 

"Não é diploma do Lula, de uma parcela do povo que reconquistou o direito de viver em democracia. É a certeza de que Deus existe. Sei o quanto custou essa espera pra gente reconquistar a democracia. Farei todos os esforços para cumprir os compromissos, fazer o Brasil mais desenvolvido, justo, com mais qualidade de vida sobretudo para as pessoas mais necessitadas", disse Lula em discurso de posse. 

"Quero agradecer ao povo pela honra de presidir pela terceira vez o Brasil. Na minha primeira diplomação, em 2002, lembrei da ousadia do povo brasileiro em conceder para alguém tantas vezes questionado por não ter diploma universitário, o diploma de presidente da República", acrescentou.

Em referência ao governo Jair Bolsonaro, o presidente eleito criticou o "projeto de destruição ancorado no poder econômico e em uma indústria de mentiras".


Link
Tags »
Notícias Relacionadas »